segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Ah... se eu pudesse voltar atrás


Por mais que você seja uma pessoa que olha a diante, encarando o passado como aprendizado, sempre tem aquele momento em que pensamos: ahh... se eu pudesse voltar atrás.
Eu sou dessas pessoas que por mais que as coisas aconteçam diferente do que desejei, sigo em frente buscando as novidades que a vida me reserva. 
Costumo dizer que muitas vezes as coisas não acontecem como desejamos, mas o fato daquilo que tanto queríamos não acontecer, por vezes trás no futuro algo muito melhor e que nem imaginávamos.
Fala que isso nunca aconteceu com você?
Você fica bravo, chinga a vida, acha que o universo inteiro conspira contra você... e derrepente a vida te traz uma surpresa.
Isso aconteceu comigo quando graças a crise sai do Itaú, fiquei arrasada, mas acho que se eu tivesse ficado lá hoje não estaria aqui na agência. E é fato que já aconteceu muitas outras vezes.
Enfim, tudo isso para falar que por mais que você seja essa pessoa que sempre olha em frente, é inevitável aquele momento que gostaria de voltar atrás, ou não é?
Eu tenho o meu e sei exatamente qual é... aahhh, os meus seis anos, colinho do papai...
Todo esse devaneio louco começou por causa de uma música linda que ouvi no blog da C&A, do Thiago Pethit. A música e o vídeo são lindos e inspiradores.

Curtam aí (:




Mapa Mundi

Me escreva uma carta sem remetente
Só o necessário e se está contente
Tente lembrar quais eram os planos
Se nada mudou com o passar dos anos
E me pergunte o que será do nosso amor?
Descreva pra mim sua latitude
Que eu tento te achar no mapa-múndi
Ponha um pouco de delicadeza
No que escrever e onde quer que me esqueças
E eu te pergunto o que será do nosso amor?

4 comentários:

  1. que video lindo!
    a gente sempre quer voltar, mas se fosse possível talvez não tivesse graça...

    beijo.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Talvez a gente estragaria o que foi lindo... vai saber. Acho que tem coisas que são intocáveis na vida e por isso se mantém belas e únicas (:

    ResponderExcluir
  4. Nossa eu adoro Thiago Pethit!


    Eu acho sempre importante agente se questionar quando as escolhas que fizemos. Mesmo que elas ás vezes não tenham volta. O importante que se questionar nos mantem vivos, e não apenas estar vivo por estar.

    (:

    ResponderExcluir